Loading...

quarta-feira, 20 de julho de 2011

Fazer videogame está em alta


Você gosta de videogame e internet? Então se você pensa em fazer disso o sustento da sua vida e da família, prepare-se para ganhar 5.000 reais. Pois é, há um tempo estavam fazendo uma pesquisa sobre o que hoje é um lazer e no futuro pode ser o sustento de muitas famílias. Criar Videogames se destacou.

Desde Janeiro deste mesmo ano, muitas empresas abriram, e o que elas faziam? Preparavam as pessoas para desenvolvimento de Apps. E eles estão certíssimos em abrir este negócio, pois tem muita gente que sonha em fazer seu próprio game e ganhar dinheiro com ele. E sejamos francos, com cinco mil reais, dá para fazer muitas coisas.

Mas calma! Cinco mil é só o salário inicial. Dependendo do jogo, se ele virar sucesso, os direitos autorais vão inteirinhos para a sua mão. E quanto mais famosos os seus Games forem, mais dinheiro você vai ganhar no futuro. Mas para isso, é necessário entender muito de jogos de videogame.

Mas não é necessário conhecer só de programação para isso, você precisa conhecer bem a história do videogame. É necessário saber que um dos primeiros jogos que fizeram sucesso mundial foi: PACMAN. Mas o que tem mesmo de importante é saber sobre gráfico 3D e 2D e manjar de tudo de programação.

Mas se você pensa que para ser criador de games é só fazer um curso de computação e outro de criação de apps. Está muito enganado. Você precisa ter formação em várias coisas, tais como: Design gráfico, engenharia dos sistemas de informação ou ciências da computação. Então, dentro da criação de jogos, tem matemática, muita matemática.

Mas se o seu forte não é games de videogames, você pode optar talvez por trabalhar com criação de vinhetas de novelas. Hans Donner ganha um dinheirão fazendo isso. Ele com certeza já sabia que seria uma coisa muito boa no futuro, e o salário inicial é 3.000 mil reais. E se animações é o seu forte, você também terá que enfrentar a matemática, em Engenharia, arquitetura, e computação gráfica.

Na verdade, quase todos estes empregos exigem de você um grande potencial em matemática e computação. Mas daí você pensa: “Precisa se formar em tudo isso, mas quem contrata?”

A resposta é o seguinte, para criação de videogames, quem contrata são empresas de grande porte, como redes sociais para desenvolver jogos, um exemplo grande dessas empresa é a Vostu, que foi criadora do café mania e Maga city, dois jogos que quase todo mundo tem. Mas existem muitas outras empresas deste tipo.

E como já citei, se o seu jogo for bom e estar de acordo com as regras destas empresas, você vira sucesso nacional e os direitos autorais são todos seus. Mas é preciso saber que o jogo pode enjoar. Aí entram os perigos com isso.

Um exemplo é o café mania. Faz um tempinho que ele deixou de ser jogado para ser trocado pelo megacity. Então, uma coisa que as pessoas devem saber é que o jogo deve ser infinito, para a pessoa querer terminar o jogo, mas nunca vai saber quando termina pois ele pode passar séculos tentando “zerar” o game.

Mas você também deve estar ciente de que para criar um jogo infinito, é preciso muito tempo, às vezes mais de 10 anos. Por que infinito, é infinito. Mas você pode apostar em fases elevadas, como: Fase 2000, não tem jeito de passar. Ou fase 3000 não dá para passar de jeito nenhum. Segundo uma pesquisa, perder deixa a pessoa com mais vontade de ganhar.

Mas é isso mesmo. Agora está na moda desenvolver games, e aproveite, se você sabe programar, você pode ter muito dinheiro no futuro.

Gabriel Garcia Levinski

@garcialevinski

Nenhum comentário:

Postar um comentário